mercado-em-alta
A Nova Era do Marketing Digital
Autor: Felipe Gentil

A Nova Era do Marketing Digital

A internet é uma plataforma de mudança sociocultural. Bilhões de usuários conectados e a internet já é um fenômeno global, onde países desenvolvidos e em desenvolvimento já possuem acesso de qualidade à internet. No Brasil, cerca de 70% da população possui acesso à internet. Em questão de penetração, cerca de 50% do globo também possui acesso. Isso dá em números cerca de 4 bilhões de pessoas conectadas à rede, principalmente à internet mobile. 

O poder de acessar outros países sem sair do seu território nacional. Isso por conta da internet aumenta a visibilidade dos negócios e permite que vendas atravessem quilômetros de distância. A internet de fato foi um facilitador, principalmente das empresas que começaram empreendendo e hoje são verdadeiras potências.

Uma questão interessante que vale a pena de se levantar é o quanto o crescimento da internet não tem acontecido de uma forma proporcional. O mobile tem se tornado muito mais expressivo do que o desenvolvimento para desktop. E isso só prova a importância do quanto a tecnologia mobile tem revolucionado a forma como se consome conteúdo.

Para você ter noção, o ser humano adulto gasta em média cerca de três horas por dia consumindo conteúdo pelo celular. E é justamente por isso que nós precisamos falar sobre o crescimento de conteúdo no mobile.

Por que o mobile cresceu tanto?

Em uma Era de Cyborgs, onde o celular passa a fazer parte de toda vida útil do adulto moderno, te apresento alguns fatores que facilitaram esse crescimento.

O surgimento de criptomoedas quadriplicou até 2017. Isso vem significando uma queda de barreiras, de legislações, de operações bancárias. Além disso, a forma como se encara e se lida com o dinheiro nos tempos atuais.

Para ter uma noção básica…

Em outras palavras, o crescimento de assistentes virtuais que passam a entender por comando de voz em vez do acesso visual por aplicativos já saiu de 0 para cerca de 30 mil apps. Esse número é da Amazon e já promete ser uma tendência no mercado.

Entretanto, o crescimento em publicidade paga nas mídias sociais ainda é muito pouco expressiva se formos considerar a precificação da atenção dada pela mídia impressa e televisiva. Mesmo a internet sendo o principal motor de venda para qualquer empreendimento e negócio, o Brasil ainda investe 14% em mídias digitais.

E por último, mas não menos importante, o vídeo, onde eu quero detalhar um pouco mais.

Outra explosão que também tomou conta do ambiente virtual foi do conteúdo em vídeo. Com a facilidade dos acessos, smartphones mais poderosos, os vídeos passaram a ser mais consumidos. Principalmente quando se fala de negócios, o vídeo é uma das formas mais eficazes para produzir um storytelling de sucesso. Novos formatos foram surgindo, o que permitiu atingir uma gama de pessoas ainda maior do que apenas nichos.

Sem contar que quando você está assistindo tv e aquele comercial pinta na tela, você já vira os olhos para pegar o celular. Você simplesmente ignora o que está na televisão para buscar na internet um conteúdo que te distraia até a programação normal voltar. Isso também é um avanço e uma constatação do quanto a internet vem ocupando mais o campo de interesse de quem consome conteúdo.

As empresas, como eu tinha citado anteriormente, ainda têm bastante receio de anunciar nas redes sociais. O que isso implica? Um certo preconceito de anunciar por ainda confiarem no status que as mídias impressa e televisiva trazem. Mas é apenas isso: status, pois os resultados já estão sendo vistos e a internet está tomando o lugar dessas duas.

O mobile é uma oportunidade de negócio e o Brasil ainda precisa visualizar isso.

Gostou desse conteúdo? Esses são apenas alguns dos dados que serão apresentados nas 4 aulas gratuitas de lançamento da ENE – Estratégia de negócios para empreendedores. Quer saber mais? Se inscreva agora!

Fontes:

Inscreva-se na Newsletter do blog Mercado em Alta e receba as atualizações direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...
Bitnami